Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Turismo e desporto

Comissão é desmembrada para acomodar o PSC

18 FEV 14 - 19h:00Folhapress

A Câmara dos Deputados pode desmembrar a Comissão de Turismo e Desporto para acomodar o PSC e resolver o impasse com o PT sobre a divisão dos colegiados, admitiu hoje (18) o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), mas ressaltou que a possibilidade de divisão ainda precisa do aval dos líderes partidários.

A negociação em torno da divisão da comissão começou há duas semanas, logo após o retorno do ano legislativo. O PSC queria a presidência de uma comissão, mas com a criação do Solidariedade (22 parlamentares) e do PROS (19 parlamentares), no ano passado, o partido, que tem 13 deputados e comandou a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), deixou de ter direito a uma comissão, de acordo com o cálculo da proporcionalidade.

Com a divisão da comissão, o número de colegiados passa de 21 para 22. Regimentalmente, o PT, que hoje preside três comissões, passa a ter direito a quatro.

Até o último dia 11, o partido (ATT linkar: http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2014-02/definicao-sobre-presidencias-de-comissoes-fica-para-proxima-semana) não queria abrir mão de presidir uma quarta comissão, o que gerou o impasse.

A tendência agora é de o partido atender o pleito do PSC e ceder uma comissão. O desmembramento vai permitir que o PSC continue na divisão, mesmo sendo o último a escolher a comissão que irá presidir.

A Mesa Diretora da Câmara define, todos os anos, o número de membros das comissões permanentes a partir do princípio da proporcionalidade. As presidências das comissões são divididas de acordo com os tamanhos das bancadas, que têm a preferência para escolher as comissões.

Líderes partidários estão reunidos nesta terça-feira para definir a escolha das comissões. Como principal partido do governo e maior bancada na Câmara, com 84 parlamentares, o PT tem prioridade na escolha das três presidências que quer assumir, seguindo uma lista de revezamento com outras legendas.

As apostas na Câmara são de que o PT deve ficar no comando das comissões de Constituição, Justiça e Cidadania; Seguridade Social e Família; e Direitos Humanos e Minorias (ATT Linkar: http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2014-02/pt-deve-comandar-comissao-de-direitos-humanos-da-camara). Outro partido que praticamente definiu as comissões que irá presidir foi o PSD, que deve comandar as comissões de Minas e Energia e de Defesa do Consumidor. Já a definição sobre os presidentes de cada colegiado deve ficar para a próxima semana.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas
APONTA PESQUISA

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas
INTERIOR

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS
DIZ MINISTRO

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS

Investigações contra agressor de Bolsonaro podem ser retomadas
PRESO EM CAMPO GRANDE

Agressor de Bolsonaro pode voltar a ser investigado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião