Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

servidores públicos

Comissão do Senado aprova Ficha Limpa

27 JUN 12 - 13h:25agência brasil

O princípio de probidade e moralidade, exigido pela Lei da Ficha Limpa a candidatos a cargos eletivos, poderá ser estendido aos servidores públicos, concursados ou comissionados. A proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê isso foi aprovada hoje (27) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. A medida segue para o plenário da Casa, se aprovada, dependerá ainda do aval da Câmara.

No parecer, o relator Vital do Rêgo (PMDB-PB) destaca a necessidade de não condenação criminal por órgão colegiado da Justiça para quem faz parte do serviço público. “Se o candidato a cargo eletivo é obrigado a demonstrar o cumprimento de requisitos mais exigentes, aqueles que almejam ocupar cargos efetivos ou comissionados na administração pública também devem fazê-lo”, ressaltou o senador.

Vital do Rêgo disse ainda que a PEC estabelece mecanismos preventivos, que dão mais segurança nas nomeações para cargos públicos. A medida valerá não só para cargos da União, mas também a servidores públicos de estados, municípios e do Distrito Federal.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

Procuradoria pede suspensão de liminar que interditou Parque Olímpico
POLO ESPORTIVO

Procuradoria pede suspensão de liminar que interditou Parque Olímpico

Thiago Martins se explica após ser criticado por dizer ser contra cotas
ATOR

Thiago Martins se explica após ser criticado por dizer ser contra cotas

FUTEBOL JÚNIOR

Internacional bate Botafogo-SP e é o primeiro semifinalista da Copinha

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião