Sábado, 16 de Dezembro de 2017

EXPULSÃO DE TERRA

Comissão da Verdade ouve indígenas

21 FEV 2014Por DOURADOS AGORA00h:00

A Audiência da Comissão Nacional da Verdade (CNV) em Dourados será realizada nesta sexta (21), a partir das 7h30min, na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Estarão presentes a psicanalista e integrante da CNV Maria Rita Kehl, o procurador da República Marco Antonio Delfino de Almeida e os pesquisadores Marcelo Zelic, Spensy Pimentel e Jorge Eremites de Oliveira. O evento é coordenador pelo professor Neimar Machado (UFGD).

Serão ouvidos indígenas de cinco diferentes comunidades guarani e guarani-kaiowá de Mato Grosso do Sul, que irão falar sobre episódios de violência durante a ocupação do estado por colonos, como assassinatos, expulsão de territórios tradicionais e confinamento em pequenas reservas. Especialistas irão conduzir os depoimentos, dada a dificuldade dos indígenas em se expressar em português.

A coleta de depoimentos oficiais pela Comissão Nacional da Verdade pode subsidiar futuras ações de indenização coletiva em favor das comunidades indígenas ou outras ações compensatórias.

Violência

A população indígena de Mato Grosso do Sul é a 2ª maior do país, com mais de 70 mil pessoas. A maior etnia é a dos guarani, que habitam territórios ao sul do estado. A taxa de mortalidade infantil entre a etnia guarani-kaiowá é de 38 para cada mil nascidos vivos, enquanto a média nacional é de 25 mortes por mil nascimentos.

Já a taxa de assassinatos - 100 por 100 mil habitantes é quatro vezes maior que a média nacional, enquanto a média mundial é de 8,8. O índice de suicídios entre os guarani-kaiowá é de 85 por cem mil pessoas.

Confira aqui a programação do evento.

Audiência Comissão Nacional da Verdade

21/02/2014 - 7h30min às 17h30min

Violações de Direitos Indígenas (1946-1988)

Universidade Federal da Grande Dourados -

Rodovia Dourados - Itahum, Km 12 - Cidade Universitária/ Dourados (MS)

Leia Também