quinta, 19 de julho de 2018

Serasa

Comércio varejista fecha ano de 2010 em alta

4 JAN 2011Por InfoMoney09h:27

A atividade do comércio varejista fechou o ano de 2010 em alta, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, divulgado nesta terça-feira (4).

No acumulado do ano passado, houve aumento de 10,3%, sobre o ano de 2009.

Dentre os destaques que influenciaram a elevação das vendas no período estão os grupos Material de Construção (17%), Móveis, Eletroeletrônicos e Informática (14,9%) e Veículos, Motos e Peças (10,9%).

Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios (8,2%) e Supermercados, Hipermercados e Alimentos e Bebidas (6%) também registraram saldo positivo.

No período, apenas o grupo Combustíveis e Lubrificantes registrou queda nas vendas, de 0,4%, segundo o indicador.

Resultados
No mês passado, o comércio registrou aumento de 12,8% nas vendas, frente ao mesmo mês do ano passado.

O resultado foi segundo melhor para um mês de dezembro desde o início da série histórica, no ano de 2000, só perdendo para a alta de 15,3% observada em dezembro de 2007.

Somente as comercializações do grupo Material de Construção apresentaram alta de 15% no período. Já as vendas de Móveis, Eletroeletrônicos e Informática cresceram 13% no período e também influenciaram no desempenho do índice anual.

De acordo com o indicador, em dezembro, frente a novembro, a atividade do comércio varejista registrou alta de 2,9%.

Segundo os técnicos da Serasa, a oferta de crédito em condições favoráveis, o elevado grau de confiança dos consumidores e o bom momento vivido pelo mercado de trabalho foram as principais causas que fundamentaram o desempenho exibido pela atividade varejista no ano de 2010.

Comércio varejista frente a 2009
Em dezembro, frente ao mesmo mês do ano passado, além dos grupos Material de Construção e Móveis, Eletroeletrônicos e Informática, outros grupos registraram aumentos nas vendas. É o caso do grupo Supermercados, Hipermercados e Alimentos e Bebidas, cuja alta ficou em 9,2%.

Já o grupo Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios apresentou aumento de 2,5% nas vendas. Combustíveis e Lubrificantes apresentou o menor índice de crescimento no período, de 2,3%.

O grupo Veículos, Motos e Peças foi o único a registrar queda, de 0,7%.

Análise mensal
Com o indicador registrando avanço frente a novembro, alguns grupos apresentaram desempenho positivo nas vendas no período.

O destaque ficou com Móveis, Eletroeletrônicos e Informática, que registrou aumento de 3% nas comercializações em dezembro.

O desempenho dos grupos Material de Construção (0,8%), Combustíveis e Lubrificantes (0,4%) e Supermercados, Hipermercados e Alimentos e Bebidas (0,3%) também foi positivo.

Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios, e Veículos, Motos e Peças registraram recuo no último mês do ano, de 1% e 0,9%, respectivamente.

Sobre o índice
O indicador da Serasa tem como base o banco de dados da Serasa Experian. A partir da metodologia de cálculo do PIB, apresentada pelo IBGE em 2007, na qual o comércio passou a ser, individualmente, o setor com maior participação na geração do valor adicionado da economia brasileira, respondendo por 11%, a entidade percebeu que é de fundamental importância dispor de mais indicadores, destinados a mensurar a evolução deste setor da atividade econômica do País.
 

Leia Também