sexta, 20 de julho de 2018

ATÉ 2014

Comércio deve gerar 10 mil vagas na Capital

21 JAN 2011Por 08h:25

Após liderar geração de empregos de MS ao lado do setor de serviços, o comércio vai gerar pelo menos 10 mil vagas na Capital até 2014

Os setores de comércio e serviços mudaram o patamar de geração de empregos formais em Mato Grosso do Sul. No ano passado o número de novos empregos celetistas bateu recorde, com 27.975 novas vagas. Destas, 17.613, que correspondem a 63% do total, estão nos dois setores.

Os números não param por aí. O presidente da Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul), Edison Ferreira de Araújo, afirma que a previsão é que, com a vinda de novos empreendimentos, até em 2014 sejam gerados mais 10 mil empregos somente no comércio de Campo Grande.

“O desafio agora é conseguir mão-de-obra qualificada. Um problema com o qual temos nos deparado é a baixa escolaridade dos candidatos até mesmo para que possam frequentar os cursos de qualificação”, afirma.

Com crescimento acima da média nacional ao longo de 2010, o comércio de Mato Grosso do Sul teve no ano passado 7.436 admissões a mais que demissões, saldo 152% maior que no ano de 2009. No caso do setor de serviços, o aumento foi de 109%, com 10.177 novas vagas geradas no ano passado.

Leia Também