terça, 17 de julho de 2018

Comerciantes reagem e prendem assaltante

18 SET 2010Por 07h:21

karine cortez

Os proprietários da Padaria K&K, Keider Rodrigues da Silva, 28 anos, e Francisco Targino da Silva, 59 anos, reagiram a um assalto e prenderam o ladrão. O fato se deu na noite de quinta-feira, quando o estabelecimento, situado na Rua Sacramento, Bairro São Francisco, foi invadido pelo marginal. Os comerciantes conseguiram render o assaltante e imobilizaram-no até a chegada da Polícia Militar.
O criminoso, identificado como Macksuel de Souza Maciel, 21 anos, estava armado e ao entrar no local encostou o revólver na barriga de Keider, ordenando que ele entregasse todo o dinheiro do caixa. Houve luta corporal entre os dois e Macksuel efetuou quatro disparos no local, mas ninguém se feriu.
O marginal estava acompanhado por um comparsa, que permaneceu do lado de fora da padaria, dando cobertura. Mas, ao perceber a movimentação dentro do estabelecimento, o segundo criminoso acabou fugindo e até ontem não havia sido identificado.
Macksuel tem vários antecedentes criminais e quando ainda era menor de idade respondeu por lesão corporal dolosa e tentativa de homicídio. Em janeiro do ano passado ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e em dezembro foi preso por homicídio doloso – quando há intenção de matar.

Segundo assalto
Essa é a segunda vez, em menos de um ano, que os proprietários da padaria são vítimas de roubo e reagem ao assalto.
Em novembro de 2009, Francisco também reagiu e acabou atirando no assaltante Natalício João da Silva, 23 anos, com uma espingarda calibre 16. Ferido, Natalício permaneceu caindo no chão até a chegada da polícia.  
Nunca reagir
Mas, segundo o delegado da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), André Luiz Novelli, as vítimas nunca devem reagir a um assalto. “Isso é um risco para as vítimas e para quem está por perto. Os bandidos, na maioria das vezes, estão armados e não pensam em preservar a vida da vítima”, explicou.

Leia Também