Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Comercial pode ter três baixas contra o Aquidauanense

Comercial pode ter três baixas contra o Aquidauanense
09/02/2010 08:42 -


Depois de ter estreado vencendo o Cene, de virada, por 2 a 1 no último sábado, o Comercial já pensa no jogo de amanhã contra o Aquidauanense, fora de casa, o técnico Amarildo de Carvalho poderá ter três desfalques para o segundo jogo do Colorado no Campeonato Estadual. Para a partida de amanhã, às 20h, em Aquidauana contra a equipe local, o treinador passa por problemas para escalar o Comercial. “O lateral Procópio, o meia Guastavo Bianchini e o atacante Rodrigo Goiano sentiram contusões na estreia e precisamos da avaliação médica para definir o time. O caso mais grave é do Procópio que deve mesmo ficar fora”, disse Amarildo que confirmou a entrada de Cláudio no lugar do lateral. Os jogadores do Esporte Clube Comercial se reapresentaram na tarde de ontem após a vitória sobre o Cene. Apesar das dificuldades encontradas pelo time comercialino, principalmente no primeiro tempo, o técnico Amarildo de Carvalho fez uma avaliação positiva da estreia. “Trei namos apenas um mês e mais a parte física, então não podemos cobrar uma postura d i ferente dos jogadores, apenas vontade e isso eles demonstraram”, destacou. Decisivo Um jogador em especial foi decisivo para a vitória do Comercial: Fernando Vicentini que saiu do banco de reservas para marcar o gol da vitória. “É uma sensação maravilhosa poder entrar e ajudar o time. Fiz minha parte e espero poder ajudar mais”, comentou o meia de 28 anos que espera ganhar a titularidade nos próximos jogos.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.