Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ANÚNCIO

Comercial no Super Bowl custa até R$ 10 milhões

Comercial no Super Bowl custa até R$ 10 milhões
02/02/2014 09:42 - G1


O Super Bowl, evento mais assistido da TV dos Estados Unidos, também tem a fama de reunir campanhas publicitárias milionárias. Neste ano, o espaço comercial de 30 segundos no intervalo da grande final do futebol americano chegou a ser vendido por mais de US$ 4 milhões (quase 10 milhões de reais), ante uma média de US$ 3,5 milhões no ano passado.

Reportagem do jornal "The Wall Street Journal" mostra que o preço do anúncio para o intervalo do Super Bowl aumentou a 42% desde 2004, quando o espaço de 30 segundos era vendido por US$ 2,3 milhões.

Para a transmissão que acontece neste domingo (2), com a disputa entre o Denver Broncos e o Seattle Seahawks, é esperada uma audiência de mais de 100 milhões de espectadores somente nos EUA. No ano passado, 108,4 milhões de pessoas acompanharam ao vivo a final.

De olho nesta audiência, os anunciantes costumam lançar nos intervalos comerciais do Super Bowl propagandas superproduzidas e criativas, que costumam virar referência para o mercado global.

Alguns dos comerciais deste ano já estão disponíveis em versões divulgadas na internet. No YouTube, o canal oficial Ad Blitz, dedicado aos anúncios do Super Bowl e que promove uma votação da melhor propaganda do ano, já disponibiliza teasers e versões para a internet de campanhas que deverão ir ao ar no próximo domingo na Fox, a detentora dos direitos do jogo.

Os atores Arnold Schwarzenegger, Scarlett Johansson e o ex-jogador David Beckham estão entre as estrelas escaladas pelos anunciantes para promoverem marcas como Pepsi, Doritos, H&M, Kia, Toyota, Audi, M&M e a produtora de bebidas SodaStream.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.