Terça, 12 de Dezembro de 2017

anúncio

Comercial no Super Bowl custa até R$ 10 milhões

2 FEV 2014Por G109h:42

O Super Bowl, evento mais assistido da TV dos Estados Unidos, também tem a fama de reunir campanhas publicitárias milionárias. Neste ano, o espaço comercial de 30 segundos no intervalo da grande final do futebol americano chegou a ser vendido por mais de US$ 4 milhões (quase 10 milhões de reais), ante uma média de US$ 3,5 milhões no ano passado.

Reportagem do jornal "The Wall Street Journal" mostra que o preço do anúncio para o intervalo do Super Bowl aumentou a 42% desde 2004, quando o espaço de 30 segundos era vendido por US$ 2,3 milhões.

Para a transmissão que acontece neste domingo (2), com a disputa entre o Denver Broncos e o Seattle Seahawks, é esperada uma audiência de mais de 100 milhões de espectadores somente nos EUA. No ano passado, 108,4 milhões de pessoas acompanharam ao vivo a final.

De olho nesta audiência, os anunciantes costumam lançar nos intervalos comerciais do Super Bowl propagandas superproduzidas e criativas, que costumam virar referência para o mercado global.

Alguns dos comerciais deste ano já estão disponíveis em versões divulgadas na internet. No YouTube, o canal oficial Ad Blitz, dedicado aos anúncios do Super Bowl e que promove uma votação da melhor propaganda do ano, já disponibiliza teasers e versões para a internet de campanhas que deverão ir ao ar no próximo domingo na Fox, a detentora dos direitos do jogo.

Os atores Arnold Schwarzenegger, Scarlett Johansson e o ex-jogador David Beckham estão entre as estrelas escaladas pelos anunciantes para promoverem marcas como Pepsi, Doritos, H&M, Kia, Toyota, Audi, M&M e a produtora de bebidas SodaStream.

Leia Também