Combustível adulterado preocupa mais

Combustível adulterado preocupa mais
22/01/2010 06:57 -


O motorista precisa se preocupar mais com a qualidade do que vai no tanque do que com a proporção do álcool que é misturado na gasolina, já que o combustível adulterado causa muito mais danos ao motor, diminuindo sua vida útil, aumentando o consumo e emitindo mais gases nocivos na sua queima. Para evitar cair nessa armadilha umas dicas, nada novas, mas esquecidas por muitos, podem ajudar. Sintomas de adulteração  Falhas no funcionamento do motor;  Instabilidade da marcha lenta. O carro fica dando umas engasgadas ;  Aumento no consumo de combustível. Por isso é bom estar atento à conta no posto de combustível;  Dificuldade na hora de dar a partida. O que pode danificar:  Travamento das válvulas;  Depósitos de borra no pistão;  Danos ao diafragma da bomba de combustível;  Danos às juntas, retentores e componentes à base de borracha;  Travamento do motor. Como prevenir: · Uma boa dica é tentar abastecer somente em postos de confiança, o problema é descobrir qual deles. Para facilitar sua vida, eleja um que fique no caminho feito rotineiramente, na ida para o trabalho, por exemplo. Isso evita que, na pressa, o carro seja abastecido em um posto desconhecido.  Caso suspeite do posto, peça a nota fiscal para poder comprovar a origem do combustível se houver problemas no motor causados pela gasol i na. Fica mais fácil tentar uma indenização.  Preço muito abaixo do praticado pelos postos concorrentes pode ser um sinal de combustível de má qualidade. Combustível muito barato, geralmente é produto resultante de fraude, que pode ser adulteração ou sonegação de impostos.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".