Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Combate à cárie é reforçado no Brasil

7 SET 2012Por TERRA07h:44

Não é de hoje que a cárie está na mira dos dentistas e até do Ministério da Saúde. Depois de ver os resultados de uma pesquisa então, os holofotes foram virados para a saúde bucal. O estudo revelou que um terço da população nunca havia feito tratamento dentário e que 20% já tinha perdido todos os dentes.

Hoje, o País conta com uma Política Nacional de Saúde Bucal, a Brasil Sorridente, que tem como objetivo oferecer saúde bucal de qualidade à população. Paralelamente, uma iniciativa global, chamada Aliança para um Futuro Livre de Cárie, chegou ao Brasil em janeiro. Esta acredita que a cárie é uma epidemia negligenciada no mundo.

Segundo o presidente da entidade, Marcelo Bönecker, a Aliança leva informação à população por meio de dentistas que promovem palestras, cursos e conversam com os pacientes no próprio consultório. “Grande parte das pessoas está mais consciente sobre a gravidade da cárie e que é uma doença que pode ser prevenida”, avalia.

Na odontologia moderna, a prevenção vem tomando lugar do tratamento. Dentistas de todo o mundo pregam a importância de prevenir-se de diversas doenças em vez de passar por tratamentos sem necessidade. Para conseguir fugir das dores e custos, basta ter uma higiene bucal adequada e fazer o acompanhamento no consultório.

Para explicar essa linha de pensamento, Marcelo Bönecker dá o exemplo dos bebês, que já nascem com saúde bucal, pois têm a biodiversidade oral equilibrada, sendo preciso apenas mantê-la. “A prevenção aumentou porque a odontologia entendeu que todos nascem com saúde bucal, fica mais fácil mantê-la, trabalhar a parte educativa com os pacientes”, diz. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também