Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EVUTANDO DERROTA

Com 'time C', Flamengo empata contra Bangu

Com 'time C', Flamengo empata contra Bangu
16/03/2014 17:30 - TERRA


Campeão da Taça Guaranabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, por antecipação, o Flamengo entrou em campo neste domingo recheado de jogadores das categorias de base, e mesmo assim evitou uma derrota. No Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o time levou susto contra o Bangu, mas arrancou empate por 2 a 2.

O “time C” foi utilizado pelo Flamengo porque, sem urgência no Estadual, no qual já tem vaga garantida na final, preferiu focar a Copa Libertadores. Na quarta-feira, entra em campo para pegar o Bolívar, da Bolívia, fora de casa, às 22h (de Brasília). Pelo Estadual, fecha o turno no domingo, contra a Cabofriense.

Assim, o Flamengo chegou aos 35 pontos ganhos. Já o Bangu é 9° colocado, com 17 pontos, aparecendo na zona intermediária da classificação. A equipe joga de novo no domingo, contra o Boavista, fora de casa.

O Bangu abriu o placar aos 43min do primeiro tempo, em jogada de Rodrigo Pinho e finalização de Willen, na saída de Luan. Dois minutos mais tarde, Almir quase ampliou em cobrança de falta, mas acertou a bola na trave. De volta para o segundo tempo, o Bangu mais uma vez foi bem e marcou com Christiano, aos 3min, aproveitando sobra na entrada da área.

A reação flamenguista contou com nome conhecido da torcida: o atacante Nixon. Primeiro, ele diminuiu aos 16min, completando cruzamento de Luiz Antônio. Logo depois, aos 22min, recebeu na área após jogada de Igor e bateu para empatar o jogo.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!