Domingo, 17 de Junho de 2018

Com que roupa eu vou?

23 FEV 2010Por 04h:14
De acordo com a consultora e especialista em etiqueta profissional, Rosana Fa, antes de decidir se é melhor vestido longo ou curto, é preciso observar o código de vestuário da empresa na qual se trabalha. Por exemplo, se a empresa é informal, não há problemas no uso de vestidos curtos ou bermudas de alfaiataria. Por outro lado, uma empresa mais conservadora pede um vestido longo, com comprimento de, no máximo, quatro dedos acima do meio do joelho, além de não permitir bermudas. O bom senso sempre é o melhor amigo nestas ocasiões. Assim, antes de escolher o look do trabalho, é importante, obviamente levar em consideração a profissão. O traje de uma executiva que atua na área financeira certamente difere muito do de uma publicitária. Para não correr o risco de errar, o ideal é sempre optar pelo básico. A dupla camisa em tom pastel e calça social sempre faz sucesso, independente da área de atuação. Com o calor, a saia pode ser uma alternativa, de preferência na altura dos joelhos. As godês estão com tudo. Para dar um toque de modernidade ao look, a dica é apostar em bijus coloridas, que estarão em alta no verão. Nos pés, uma boa opção é optar por sapatos baixinhos, como sapatilhas e chanel. São os melhores companheiros para aguentar o dia inteiro de trabalho. Para eles No caso dos homens, a camisa de colarinho com manga curta e a camisa tipo esporte com jeans são liberadas, no máximo com sapatênis, para quem trabalha em ambientes mais informais. Entretanto, em uma companhia formal, use somente a camisa de manga comprida, com as mangas dobradas em, no máximo, duas dobras, associadas com calça e sapato social. O que não utilizar? Independentemente da empresa ser formal ou informal, Rosana alerta que há peças do vestuário, especialmente para mulheres, que devem ser riscadas do ambiente de trabalho. “O que é proibido em qualquer empresa, não importa se ela é formal ou não. É preciso bom senso na hora de se vestir para o trabalho”, diz. Dentre as peças proibidas no ambiente profissional estão: blusas decotadas, transparências, regatas, tomara que caia, além de peças muito curtas ou que deixem a barriga de fora. Além disso, explica a consultora, sandálias do tipo rasteiras são extremamente inadequadas, o melhor é guardálas para um fim de semana no clube ou churrasco com amigos.

Leia Também