Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Com prêmio pelo vice no Brasileiro, Grêmio quita salários atrasados

31 DEZ 13 - 14h:30terra

No último dia de 2013, o Grêmio enfim regularizou os salários atrasados. A direção conseguiu quitar os dois meses de atraso antes do ano novo. Os R$ 6 milhões recebidos como prêmio pelo vice-campeonato brasileiro ajudaram a diretoria a realizar o pagamento. No entanto, o 13º salário e os direitos de imagem dos atletas seguem atrasados.

Será com o dinheiro da venda de Alex Telles para o Galatasaray que a direção pagará o que ainda deve aos atletas. Ao todo, o clube gaúcho receberá cerca de R$ 9 milhões dos turcos, valor suficiente para quitar as dívidas. O valor deve ser recebido no começo de janeiro. O objetivo é zerar o saldo negativo antes da reapresentação, marcada para o dia 8 de janeiro.

A crise financeira do Grêmio em 2013 teve ao menos dois motivos, entre outros tantos: o alto investimento no futebol e o contrato com a OAS na gestão da Arena. O déficit do Tricolor no ano superou os R$ 90 milhões. A saída de atletas caros do elenco, como Dida, Vargas e Marcelo Moreno, a folha salarial deve ser reduzida substancialmente para 2014. A renegociação do contrato de gestão do novo estádio também deve aliviar as finanças no ano novo.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANOS 90

Com torneio como opção por vagas no Mundial, CBF é contra volta da Supercopa

Torneio reunia os campeões da Copa Libertadores
ESTADOS E MUNICÍPIOS

Bolsonaro sanciona lei que divide recursos do megaleilão do petróleo

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura
GOVERNO PRESENTE

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita
PRAIAS DO NORDESTE

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião