Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 13 de dezembro de 2018

Com distúrbio raro, mulher devora colchões há 21 anos

12 ABR 2011Por Terra06h:20

A norte-americana Adele Edwards, mãe de cinco filhos, foi diagnosticada com uma síndrome rara, chamada PICA, que a leva a comer espuma de sofás e colchões compulsivamente há, pelo menos, 21 anos. "Ano passado comi sete sofás", disse ao jornal inglês Daily Mail, "e os médicos disseram que se eu não parar com essa mania, poderei morrer".

A desordem alimentar da qual sofre Adele pode ser causada por uma deficiência em minerais e acomete mais frequentemente bebês e gestantes. Ao estudar o vício da norte-americana, os médicos constataram que ela sofre de uma deficiência de ferro e acham que esta pode ser a raiz do problema. Mas, eles também acreditam que o mal possa surgir após um estresse muito grande. Adele disse crer que este seja o seu caso, pois o distúrbio começou após o divórcio de seus pais: "minha vida perdeu o controle e comer espuma era algo que eu podia controlar. Uma prima resolveu brincar de mastigar espuma quando tínhamos 10 anos e eu gostei do sabor que sentia na minha boca".

Adele tem passado por sessões de hipnose e terapia para se livrar do vício, que coloca em risco sua vida. Há dois anos, a norte-americana foi parar no hospital com o estômago bloqueado por uma bola de espuma. "Foi uma dor terrível e os médicos têm me explicado que se eu insistir em comer espuma, poderei ter outro bloqueio no estômago ou no intestino, que poderá ser fatal", contou.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também