Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

EPIDEMIA

Cólera registrada no Haiti é do tipo mais perigoso

22 OUT 2010Por G114h:55

A epidemia de cólera no Haiti é do tipo mais perigoso, afirmou nesta sexta-feira (22) o ministro da Saúde, Alex Larsen, após reunião de crise mantida com o presidente René Préval para adotar medidas para enfrentar a propagação da doença, que já causou 135 mortes.

No entanto, a Organização Mundial da Saúde declarou que prefere esperar os resultados de novas análises para confirmar se realmente se trata de uma epidemia de cólera.

Larsen informou que a cepa é do tipo "01", que, segundo a OMS, está na origem da maioria das epidemias desta doença no mundo.

"É alerta máximo, devemos nos manter mobilizados as 24 horas do dia para ajudar o governo a fazer frente a esta situação", disse o presidente da Associação Médica Haitiana, Claude Surena.

Análises bacteriológicas rápidas para detectar a presença da doença no Haiti acusaram positivo, revelou a OMS, mas a agência prefere esperar resultados definitivos para confirmar a presença da doença no norte da ilha.

 "A confirmação final continua em suspenso", afirma a OMS, recordando que a cólera desapareceu do Haiti há mais de um século.

Uma porta-voz da OMS em Genebra, Fadela Chaib, indicou que, depois de um pedido do Haiti, foi enviado a esse país uma equipe de especialistas para vigiar a evolução do que a organização se limita a chamar de "epidemia diarreica".

Leia Também