terça, 17 de julho de 2018

INCENTIVOS

Codecon analisa amanhã projetos de novas indústrias para Campo Grande

12 DEZ 2010Por EDIVALDO BITENCOURT16h:46

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Codecon) analisa, em reunião a partir das 8h desta segunda-feira, cinco projetos de ampliação e implantação de novas indústrias em Campo Grande. A prefeitura poderá conceder incentivos para garantir investimentos de R$ 11,1 milhões e a criação de 110 empregos diretos, conforme relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio (Sedesc).

São dois projetos de implantação, com investimento de R$ 6,7 milhões, e três de ampliação, com orçamento de R$ 4,4 milhões. O maior empreendimento será a implantação da Via Morena Madeiras e Materiais para Construção Civil, com investimento de R$ 6,3 milhões no bairro Jockey Clube. O Codecon poderá aprovar a isenção do Imposto sobre Serviço (ISSQN) sobre as obras de construção da loja e isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por 10 anos.

Além das isenções, a empresa de Marcelos Gonçalves de Melo e Silva quer a doação de uma área de 10 mil metros quadrados e limpeza do terreno para investir R$ 426,1 mil na implantação de uma indústria de blocos.

Outros três projetos de ampliação vão receber R$ 4,4 milhões. O maior investimento previsto é de R$ 2,4 milhões na ampliação da União Indústria e Comércio de Plásticos no bairro Tarumã. A Ferragem Alvorada vai destinar R$ 1,6 milhão para a ampliação da loja e depósito no Jardim São Bento. A RB Projetos e Consultoria irá investir R$ 720 mil na ampliação da unidade prestadora de serviços e manutenção de redes elétricas.

O Codecon poderá realizar uma reunião extraordinária para analisar o pedido de incentivo da Deb’maq, de Minas Gerais. O grupo pretende investir cerca de R$ 1 bilhão na construção de seis indústrias.

Leia Também