Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Coagri começa a pagar direitos trabalhistas

22 SET 2010Por 16h:15

Cícero Faria, Dourados

Após um ano, 88 ex-funcionários da Cooperativa Agropecuária e Industrial (Cooagri), em fase de liquidação judicial, começaram a receber os direitos trabalhistas. Os primeiros cinco cheques foram entregues, ontem, pelo juiz da 2ª Vara Cível, José Carlos Souza, responsável pela liquidação. O valor oscila entre R$ 10 mil e R$ 12 mil. Eles têm crédito de R$ 1,057 milhão, mas com os descontos do INSS e Imposto de Renda, sobraram  líquidos R$ 906 mil.
A partir de hoje,  o liquidante da Cooagri, Gilberto Bernardi fará o repasse dos 83 restantes. O dinheiro é proveniente do arrendamento de 18 armazéns, situados em Dourados, Itaporã e Maracaju, que renderá R$ 12 milhões em três anos.
No total, são 310 ex-funcionários com crédito trabalhista de aproximadamente R$ 8 milhões. Segundo Bernardi, outros 180 vão receber no início de outubro deste ano. “Estamos esperando apenas transitar os acordos judiciais para a efetivação do processo”, explica o liquidante. Bernardi citou que os ex-empregados da cooperativa ficaram 15 meses sem salário, apesar de o arrendamento ter sido feito à vista. Alguns ainda passam por dificuldades porque não conseguiram outro emprego.

Leia Também