quarta, 18 de julho de 2018

SAÚDE

Cinco motivos para fazer mamografia

2 DEZ 2010Por DA REDAÇÃO16h:55

A estimativa é alarmante: a expectativa do Ministério da Saúde para o próximo ano é de cerca de 50 mil novos casos de câncer de mama no Brasil.

Não se sabe exatamente o que pode causá-lo, mas, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), há alguns fatores de risco associados à doença que podemos considerar:

- Histórico familiar, especialmente se um ou mais parentes de primeiro grau (mãe, pai, irmã ou irmão) foram acometidos antes dos 50 anos de idade;
- Idade constitui um outro importante fator de risco, havendo um aumento rápido da incidência da doença com o aumento da idade;
- Menarca precoce (idade da primeira menstruação);
- Menopausa tardia (após os 50 anos de idade);
- Ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter tido filhos).

É aí que entram os exames preventivos, como a mamografia, que podem ajudar a encontrar o câncer antes mesmo de ele causar sintomas. Afinal, o tamanho do tumor e sua capacidade de se espalhar são os fatores mais importantes para o prognóstico da doença.

“O tratamento do câncer de mama evoluiu muito nos últimos anos. Essa evolução no tratamento representou um grande avanço para a saúde da mulher e proporcionou melhor entendimento do processo que leva à transformação de uma célula normal em célula maligna. Na grande maioria dos casos, a mutilação do passado tornou-se coisa obsoleta”, afirma Sérgio Simon, médico oncologista do corpo clínico do Hospital Albert Einstein.

Quais os sintomas?
São palpáveis: nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como uma saliência convexa, ou um aspecto semelhante ao da casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

O que é a mamografia?
É uma radiografia do seio que permite a detecção precoce do câncer, por ser capaz de mostrar lesões em fase inicial, muito pequenas (de milímetros). É realizada em um aparelho de raio X apropriado, chamado mamógrafo. Nele, a mama é comprimida de forma a fornecer melhores imagens, e, portanto, melhor capacidade de diagnóstico.

Cinco motivos para fazer a mamografia

Segundo o Dr. Cesar Lasmar, especialista em mastologia e diretor do Hospital do Câncer (RJ), é importantíssimo realizar este exame porque:

1 - Quanto mais cedo forem diagnosticadas as lesões pré-malignas, maior é a chance de cura;

2 - No início da doença, as cirurgias são menos radicais e preservam mais a mama;

3 - Com a detecção da doença no início, a reabilitação física e psíquica é maior e a paciente volta mais rápido às suas atividades;

4- O câncer de mama é uma das maiores causas da morte de mulheres por câncer no mundo;

5 - Uma mulher que se preocupa com a sua saúde aumenta a autoestima e o carinho por si mesma.



 

Leia Também