Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

condições meteorológicas

Cientistas franceses detectam destruição recorde de ozônio no Polo Norte

4 ABR 11 - 21h:00Estadão

A camada de ozônio no Polo Norte sofre um nível sem precedentes de destruição por causa de excepcionais condições meteorológicas, informou nesta segunda-feira o Centro Nacional de Pesquisas Científicas francês (CNRS).

No final do mês passado, a redução da camada que protege a Terra dos raios ultravioleta foi de 40% e registrou em uma "zona extensa", um fenômeno nunca antes observado, assinalou o CNRS em comunicado.

O motivo desta degradação se encontra em "um inverno estratosférico muito frio e persistente" que conduziu uma "grande e prolongada" destruição de ozônio até a primavera", assinalou.

A destruição da camada de ozônio está ligada à presença na atmosfera de diversos gases, emitidos pelos aerossóis.

A 80 graus abaixo de zero esses gases se tornam nocivos para o ozônio, um fenômeno "recorrente" na Antártida, onde as temperaturas são "extremamente baixas" no inverno, mas menos comum no Polo Norte, onde a temperatura é mais elevada e as condições meteorológicas mais variáveis.

"Nem sempre se reúnem as circunstâncias para que se produza uma grande diminuição do ozônio" nessa região, indicou o CNRS, que assinalou que "as condições meteorológicas extremas são responsáveis pelo recorde alcançado" neste ano.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR na Arena da Baixada
BRASILEIRÃO

São Paulo mantém boa fase e vence Athletico-PR

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes
ESTACIONAMENTO

Nova decisão proíbe início de obra no Parque dos Poderes

Senado aprova MP da Liberdade Econômica sem previsão de trabalho aos domingos
BRASIL

Senado aprova MP sem previsão de trabalho aos domingos

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte
VAZA JATO

Jornalista do Intercept se diz espantado com debate sobre sigilo de fonte

Mais Lidas