Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Cientistas dos EUA transformam 'gordura ruim' em 'gordura boa'

3 MAI 2011Por folha.com23h:12

Cientistas norte-americanos dizem ter encontrado uma maneira de transformar gordura corporal em um tipo de gordura que queima calorias e diminui o peso.

A informação foi publicada nesta terça-feira no site da "BBC News".

A equipe de Johns Hopkins realizou o experimento em ratos, mas acredita que o mesmo poderia ser feito em seres humanos, o que acende a esperança de uma nova ferramenta para combater a obesidade.

A modificação da expressão de uma proteína ligada ao apetite não só reduziu o consumo de calorias e o peso dos animais, como também transformou a composição de gordura corporal dos ratos.

A gordura "má" branca transformou-se em gordura "boa" marrom, segundo relatório publicado na revista "Cell Metabolism".

A gordura marrom é abundante em bebês, que a usam como fonte de energia para gerar calor corporal, gastando calorias ao mesmo tempo.

Mas à medida que as pessoas envelhecem, grande parte da gordura marrom desaparece e é substituída pela gordura branca, "ruim", que se manifesta como um pneu sobressalente em torno da cintura.

Especialistas acreditam que estimular o organismo a produzir mais gordura marrom em vez de gordura branca pode ser uma maneira útil para controlar o peso e prevenir a obesidade, além de outros problemas relacionados à saúde, como diabetes tipo 2.

EXPERIMENTO

Sheng Bi e seus colegas da Universidade Johns Hopkins School of Medicine realizaram um experimento para averiguar a supressão de uma proteína estimuladora do apetite, chamada NPY, diminuiria o peso de ratos.

Quando silenciaram a proteína no cérebro dos roedores, descobriram a diminuição do seu apetite e ingestão alimentar.

Mesmo quando os ratos foram alimentados com uma dieta muito rica em gordura, ainda conseguiram perder mais peso que os roedores que tinham pleno funcionamento da NPY.

Os cientistas compararam então a composição da gordura dos animais e encontraram uma mudança interessante.

Nos ratos com a NPY silenciada, um pouco da gordura ruim branca tinha sido substituída pela gordura boa marrom.

Os pesquisadores estão esperançosos com a possibilidade do experimento ser realizado em pessoas, injetando células-tronco de gordura marrom sob a pele para queimar a gordura branca e estimular a perda de peso.

De acordo com Bi, "se o corpo humano conseguisse transformar gordura ruim em boa, que queima calorias em vez de armazená-las, poderíamos acrescentar uma ferramenta séria para enfrentar a epidemia de obesidade. "Somente mais pesquisas nos dirão se isso é possível."

Leia Também