Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

OPERAÇÃO LIMPEZA

Cidade Limpa começa dia 19, anuncia prefeita de Três Lagoas

6 FEV 2011Por ROBERTO COSTA10h:00

A prefeita Márcia Moura (PMDB) reuniu-se com os secretários municipais para definir as estratégias a serem utilizadas na Operação Cidade Limpa. Na ocasião ficou definido que a operação terá início no dia 19 de fevereiro às 8 horas com um arrastão que contará com o apoio de todos os funcionários públicos municipais, parceiros, além de populares que quiserem aderir à campanha em prol da conscientização e prevenção de doenças como a dengue e leishmaniose.

A prefeita espera contar com a parceria de clubes de serviço como Rotary e maçonaria, escoteiros, exército, sindicatos, empresas e indústrias instaladas em Três Lagoas, empreiteiras, setores do judiciário, além de servidores municipais e de quem mais quiser ajudar.

Os trabalhos terão início nas adjacências do bairro Jardim Maristela, englobando também os bairros Vila Haro, Chácara Imperial, Violetas I e II, além de parte dos bairros Santos Dumont e Santa Terezinha.

Ao todo serão quatro meses de operação, para isso a prefeitura contará com 15 roçadeiras; oito caminhões de cargas secas para retirada de galhos; 10 caminhões basculantes; duas pás carregadeiras e duas motoniveladoras. Também serão contratadas 40 caçambas, que serão colocadas nos bairros onde estiver ocorrendo a limpeza. Apenas a quantidade de pessoas que serão contratadas para a operação ainda não foi definida.

“Queremos fazer um grande trabalho de conscientização, pois no ano passado nós encontramos mais de 600 sofás em terrenos baldios, além de outros eletrodomésticos”, disse Márcia, e completou: “Para que o trabalho da Administração dê certo, precisamos da ajuda de toda a população”, disse Márcia.

A Prefeitura fará uma ampla divulgação da Operação Cidade limpa com folders e faixas, para que a população tenha conhecimento de quando e como será realizado cada etapa do trabalho.

Terrenos Baldios

Dentre as ações desencadeadas pela prefeitura, também está à fiscalização de terrenos baldios. Os locais serão visitados e os que se encontrarem sujos, o proprietário (ou responsável pela área) será notificado. Após a notificação, este terá 30 dias de prazo para fazer a limpeza. Caso isso não ocorra, estará sujeito ao pagamento de multa.

O secretário de Obras disse que recorrerá à Justiça contra aqueles que insistirem em não atender à determinação da prefeitura. Segundo dados da secretaria de Obras, do total de terrenos existentes em Três Lagoas, estima-se que 30% são baldios.

Com informações da Assessoria de Comunicação

Leia Também