Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PREJUÍZO GERAL

Chuvas adiam início das aulas no interior

22 JAN 10 - 08h:25
Os estragos causados pelas chuvas em pelo menos oito municípios de Mato Grosso do Sul foram a justificativa apresentada pelo governador André Puccinelli para acatar o pedido dos prefeitos e adiar em dez dias o início do ano letivo. As aulas, que começariam no dia 8 de fevereiro, só devem ter início no dia 18. A decisão foi anunciada ontem à tarde, após reunião na sede da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), em Campo Grande. O pedido havia sido feito porque algumas estradas e pontes ficaram danificadas depois de enchentes e cheias e isto acabaria dificultando ou até impedindo a chegada de alunos às escolas. “Vamos padronizar o ano letivo. As aulas na rede escolar estadual, exceto em Campo Grande, começam no dia 18 de fevereiro”, afirmou o governador. O presidente da Associação dos Municípios e prefeito de Terenos, Beto Pereira, agradeceu ao Governo do Estado o adiamento, mas disse que as vantagens da decisão ainda dependem do tempo. “Se ficar ensolarado, os dez dias serão suficientes. Agora, se continuar chovendo até o dia 18, não vai adiantar muito”, previu o prefeito. Transporte escolar Outro motivo da reunião foi o reajuste no transporte escolar. Com a presença do governador, os prefeitos conseguiram aumento de 10% no valor que é repassado pelo Estado aos municípios para o pagamento do serviço. Durante a discussão, o porcentual requerido chegou a 20%, porém, após relutar, André anunciou apenas 10% de reajuste. Reajuste Sobre o reajuste dos salários dos funcionários municipais, o presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul recomendou que os prefeitos trabalhem com o teto de até 3%, além de cautela. Em Terenos, administrado por Beto Pereira, cuja folha de pagamento está em torno de R$ 500 mil, o reajuste será de 3%, conforme adiantou o prefeito.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS
IRREGULARIDADE

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira
DUPLO HOMICÍDIO

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC
BAIXA RECEITA

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado
ESCOLAS

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião