Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Riscos

Chuva interdita principais áreas da UnB e aulas são suspensas

12 ABR 2011Por Agência Brasil18h:00

Os principais prédios da Universidade de Brasília (UnB) amanheceram nesta segunda-feira, 11, interditados, por decisão da Defesa Civil, devido à ameaça de desabamento de paredes, em decorrência da chuva que atingiu Brasília no domingo, 10, à tarde. A água da chuva invadiu salas, auditórios, anfiteatros e depósitos que, segundo imagens colocadas por alunos na internet, transformaram-se em cachoeiras.


No Twitter, a coordenação da universidade informou que as aulas estão suspensas nesta segunda-feira. O prefeito da Universidade de Brasília (UnB), Paulo César Silva, comunicou, pelo Twitter, os estragos provocados pela chuva de domingo, 10, - que caiu sobre Brasília no período das 14h10 às 15h30.

Pelo menos 20 árvores caíram na região da universidade, além de várias ruas e vias de acesso terem sido tomadas pela água. Ontem, havia carros flutuando por causa da água que tomou conta das ruas e estacionamentos.

A chuva invadiu o subsolo do Instituto Central de Ciências (ICC), do campus Darcy Ribeiro, e das áreas onde ficam os cursos de pós-graduação - mestrado e doutorado de vários departamentos, entre eles o de comunicação.

Pelas informações preliminares fornecidas por alunos, por meio do Twitter, os equipamentos da UnBTV foram destruídos e a área onde funciona a assessoria de imprensa da universidade, no prédio da reitoria, também foi atingida. A água também chegou ao Centro de Processamento de Dados (CPD), o que tirou o site da universidade do ar e deixou o campus sem internet.

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil farão vistorias hoje na universidade. Ontem, os bombeiros tentaram retirar parte da água com bombas de drenagem. De acordo com o agente da Defesa Civil Valdélio Veloso, não havia condições de transitar no local.

Leia Também