Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CARNAVAL

Choque de Ordem leva para delegacia 106 mijões durante os desfiles de blocos neste fim de semana

Choque de Ordem leva para delegacia 106 mijões durante os desfiles de blocos neste fim de semana
14/03/2011 02:29 - JORNAL DO BRASIL


A operação Choque de Ordem realizada neste fim de semana por agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop), com apoio de guardas municipais, durante o desfile dos blocos de rua do Carnaval 2011, levou para a delegacia 106 mijões (8 mulheres) que urinavam na rua. Neste domingo, durante o desfile do Monobloco, no Centro, 65 mijões (5 mulheres) foram levados para a 5ª DP (Gomes Freire). No sábado, durante o desfile do bloco Mulheres de Chico, na orla do Leblon, 41 mijões (3 mulheres) foram levados para a 14ª DP (Leblon). Durante todo o Carnaval 2011, a operação Choque de Ordem levou para a delegacia 777 mijões (26 mulheres e 6 estrangeiros) por urinarem nas ruas em desfiles dos blocos de rua.

- Não demos trégua ao xixi na rua durante os desfiles de blocos de rua. É inaceitável a complacência com aqueles que praticam um ato tão desrespeitoso à cidade e ao cidadão, um verdadeiro desserviço ao Rio - afirmou Alex Costa, secretário de Ordem Pública.

Durante a fiscalização neste fim de semana, 287 veículos foram rebocados e 646 multados por estacionamento irregular em vários pontos da cidade. Somente no Centro, neste domingo, durante o desfile do Monobloco, foram 64 veículos rebocados. No sábado, no entorno do Sambódromo, durante o desfile das escolas de samba Campeãs, foram rebocados 70 veículos estacionados irregularmente.

Agentes de Controle Urbano da Seop apreenderam no total com ambulantes não autorizados: 3.300 cervejas, 19 botijões de gás, 14 churrasqueiras, 45 isopores, 200 kg de carne, 15 sacos de carvão e 5 carroças para transportar mercadorias. A Coordenação de Controle Urbano da Seop também auxiliou nas estruturas dos blocos de rua retirando os ambulantes da frente dos mesmos e da área de concentração para que o desfile ocorresse com mais tranquilidade e fluidez.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.