Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

China deve ultrapassar Alemanha em 2010

15 AGO 10 - 06h:53
(aE)

Depois de dois anos consecutivos sendo a maior compradora das cooperativas agrícolas brasileiras, a Alemanha deverá ceder o lugar para a China, na avaliação do gerente de mercados da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Evandro Ninaut. De janeiro a junho de 2010, os chineses já se posicionaram como os principais parceiros comerciais das cooperativas, respondendo por 13,7% do total exportado, com US$ 273 milhões, valor 12,4% superior ao mesmo período do ano anterior. “A China, com certeza, deve ser o principal país a comprar do Brasil após a injeção financeira que recebeu do governo durante a turbulência externa”, argumentou.
Em relação aos produtos embarcados para esse mercado, o complexo soja, que é o “arroz com feijão” do país, representou 92,69% (US$ 253 milhões) do valor total de produtos exportados para esse país, com uma pequena retração diante dos 94,82% do primeiro semestre de 2009, o que se deve principalmente a uma desvalorização de 5% no valor do farelo de soja. O setor de carnes (frango) contabilizou 5,18% (US$ 14 milhões), ganhando espaço ante os 0,2% observados no ano anterior.
Já a Alemanha apresentou crescimento de 9,7% em relação ao mesmo período de 2009, respondendo por 9% do montante exportado pelo cooperativismo, com o registro de US$ 182 milhões. Mais uma vez, o complexo soja se destaca, respondendo por 72,88% (US$ 132,6 milhões) dos valores negociados para o país, frente aos 69,3% apresentados no primeiro semestre de 2009. Também a valorização de 31% das carnes com processos de conservação baseados em salga, que representaram 9,14% (US$ 16,6 milhões) das vendas do segmento para os alemães e o café em grão (11,18% do total exportado).
Os Emirados Árabes aparecem em terceiro lugar no ranking elaborado pela OCB dos países importadores. Eles responderam por US$ 147 milhões dos valores exportados e 7,4% do total de vendas das cooperativas brasileiras no primeiro semestre deste ano. O açúcar refinado aparece como o principal item vendido, representando 89% (US$ 131 milhões) dos valores negociados de janeiro a junho de 2010, ganhando espaço diante dos 77,87% (US$ 75,7 milhões) apresentados em 2009, e também uma valorização de 42% em relação ao  ano anterior.
Nesse período, os Estados Unidos voltaram a ter posição de destaque entre os países importadores, com US$ 110 milhões e incremento de 236%, representando 5,5% do total. A Arábia Saudita e a Índia aparecem na sequência, com participações de 5,3% e 4,9%, respectivamente. (CF)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Empresário que estava em motel com mulher que surtou foi ouvido nesta tarde
SURTO NO MOTEL

Empresário que estava com mulher que surtou foi ouvido nesta tarde

Empreendedores de MS terão R$ 1,7 bilhão para investimentos em 2020
FCO

Empreendedores de MS terão R$ 1,7 bilhão para investimentos em 2020

Árvores da Avenida Mato Grosso recebem tratamento após morte de figueira
MANEJO

Árvores da Avenida Mato Grosso recebem tratamento após morte de figueira

Roberta D'Albuquerque: "Conserto a preço justo"
COMPORTAMENTO

Roberta D'Albuquerque: "Conserto a preço justo"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião