Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Chevrolet anuncia que poderá mudar projetos de veículos já prontos em 2014

16 JAN 14 - 13h:30

A General Motors já mandou avisar que não está nem um pouco preocupada com a reação que o mercado terá diante de uma decisão que já está tomada e que será colocada em prática assim que a montadora norte-americana sentir que é necessário. A empresa irá atrasar lançamentos ou iniciar do zero projetos de veículos que já estejam prontos. Bastará que o mercado não receba bem os modelos, que a ideia será colocada em prática.

A novidade foi divulgada nesta terça-feira (14), no Salão de Detroit e partiu do homem que será responsável pela marca a partir de agora. Mark Reuss, próximo chefe mundial de desenvolvimento de produtos da GM, lembrou que o Chevrolet Cruze é um grande exemplo do que a montadora deverá fazer agora. O modelo passou por uma reformulação depois que o mercado torceu o nariz para o que foi apresentado.

Reuss lembrou que, por vezes, a General Motors, em reuniões internas, questiona a si mesmo a respeito dos motivos que levam os consumidores a acharem seus modelos bons, mas não ótimos, ou seja, a montadora quer atingir a excelência e ver seus compradores com opiniões de que os carros da empresa são irretocáveis.

Uma versão do Chevroley Malibu que havia sido levemente reestilizada também havia dado um exemplo para a montadora de que era possível retomar projetos a partir do zero. No início de 2012 o sedã passou por uma grande mudança e a resposta do mercado não foi nem um pouco positiva, uma vez que as vendas atravessaram 18 meses de baixa constante.

O anúncio surge no início de um período no qual a General Motors pensa em trabalhar incansavelmente para vender muito mais do que nos últimos anos. Somente nos Estados Unidos há a ideia do lançamento de 32 veículos entre novos ou aqueles que serão considerados remodelados até o final de 2015.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Três deputados de MS querem investigar Moro e Dallagnol
VOCÊ CONCORDA

Três deputados de MS querem investigar Moro e Dallagnol

ECONOMIA

Alta do PIB de 2019 permanece em 0,87%, calcula Focus

Agências da Caixa ficam abertas até mais tarde hoje
FGTS

Agências terão mais duas hora de expediente hoje

Justiça garante R$ 150 milhões em acordo para pagar trabalhadores
PROBLEMA ANTIGO

Justiça garante R$ 150 milhões em acordo para pagar trabalhadores

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião