Quarta, 13 de Dezembro de 2017

TEMPO

Chega a 20 número de mortos pelo frio nos Estados Unidos

8 JAN 2014Por AGÊNCIA BRASIL17h:15

A onda de frio que atinge os Estados Unidos começou a recuar nesta quarta-feira (8). As tempestades de neve e as baixas temperaturas, consideradas as menores dos últimos 20 anos, levaram as pessoas a ter sensação térmica de 50 graus Celsius (°C) abaixo de zero, e deixaram ao menos 20 pessoas mortas, segundo autoridades norte-americanas.

Estima-se que os prejuízos causados pelo clima sejam superiores a US$ 5 bilhões (cerca de R$ 11,8 bilhões). A tormenta chamada Hércules, que provocou fortes nevascas no Nordeste do país, desde o final da semana passada, e a onda de frio que rompeu recordes em várias partes dos Estados Unidos afetou 187 milhões de pessoas.

Esta quarta-feira começou com céu limpo na maior parte dos 30 estados que tiveram expedidos avisos oficiais de emergêcia pelas baixas temperaturas. Hoje, foram cancelados 1,7 mil voos, menos do que foi registrado ontem. O frio, acentuado pelo vento que levou à sensação térmica de -40°C nos estados de Minessota e Wisconsin, obrigou o cancelamento de aulas em escolas de 14 estados no centro e no Nordeste do país.

O deslocamento da frente fria polar - que geralmente fica restrita ao Polo Norte - levou temperaturas extremas às cidades de Boston, no estado de Massachussets, e a Knoxville, no Tennessee. O serviço de meteorologia estima melhora das temperaturas extremas e negativas para os próximos dias, ainda que o frio persista em mais de um terço do país.

Em Brasília, ontem, o Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, informou que não foi registrado nenhum acidente com vítima relacionado a brasileiros afetados pelo frio intenso nos Estados Unidos. Ainda assim, o ministério recomenda que brasileiros não viajem rumo à América do Norte sem um seguro que cubra gastos relacionados à saúde e a acidentes.

* Com informações da Telam

Leia Também