Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande

Chefe do tráfico de drogas atrás das grades

18 JAN 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Policiais civis da Delegacia Especializada de repressão ao Narcotráfico (Denar) prenderam o traficante que era responsável pela distribuição de drogas na região do Nova Serrana, na Capital.

Sandro Henrique da Silva, 31anos, era investigado há dois meses pela DENAR que já havia recebido diversas denúncias apontando a casa do acusado, na Rua Capanari, Bairro Novo Serrana, como ponto de distribuição de drogas.

Os policiais flagraram Sandro saindo do local investigado em uma motocicleta e quando abordado negou que aquela fosse sua residência e apontou a casa do seu pai, na tentativa de ludibriar os investigadores, porém acabou por confessar que sua casa era de fato na Rua Canapari.

Na casa os policiais encontraram na mesa da cozinha 17 porções e 48 papelotes de substância análoga à cocaína e enterrada no quintal da casa foi encontrado mais um tablete da mesma substância, que pesou o total de 780g.

Uma balança de precisão, um prato com resquícios da droga, uma bobina de plástico (comumente utilizado no embalo da droga), um notebook que tem suspeitas de ser objeto de furto/roubo, uma caderneta com a suposta escrituração da venda de drogas, um DVD portátil e três celulares.

Ainda no interior da residência os policiais apreenderam a quantia de R$ 1.520 e um veículo VW Gol além da motocicleta. Sandro confirmou que vende cada porção de droga por R$ 50 e o papelote por R$ 5.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Cidades brasileiras participam de mobilização mundial pelo clima

VÍCIO FORMAL

Francischini: vamos tentar retomar na CCJ alguns pontos do pacote anticrime

Homem é morto a tiros ao chegar na casa da namorada
PONTA PORÃ

Homem é morto com 16 tiros na fronteira

MUNDO

Manifestantes em mais de 150 países defendem meio ambiente

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião