segunda, 23 de julho de 2018

BREVE E AMIGÁVEL

Chávez e Hillary tiveram conversa cordial em Brasília

3 JAN 2011Por ESTADÃO03h:00

Em um raro momento de cordialidade, em meio à disputa diplomática entre Estados Unidos e Venezuela, o presidente venezuelano Hugo Chávez e a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, apertaram as mãos e tiveram uma breve e amigável conversa em Brasília anteontem, durante a posse da presidente Dilma Rousseff (PT).

 "Nós nos cumprimentamos. Acho que ela estava entrando no salão, tinha um sorriso muito espontâneo e eu retribui o cumprimento com a mesma efusividade", disse Chávez à imprensa venezuelana, após voltar a Caracas. "Foi um momento tranquilo, falamos sobre duas ou três coisas pontuais", afirmou.

 Chávez não deu mais detalhes sobre a conversa com Hillary, mas ela acontece em um momento em que os EUA e a Venezuela estão sem embaixadores em Washington e Caracas. Na semana passada, os EUA revogaram o visto do embaixador venezuelano, Bernardo Alvarez, após Chávez ter se recusado a aceitar em Caracas o embaixador norte-americano, Larry Palmer. As informações são da Associated Press.

Leia Também