sábado, 21 de julho de 2018

INFRAESTRUTURA

Cerca de 300 escolas sem abastecimento de água vão receber recursos do MEC para instalar rede

4 DEZ 2010Por AGÊNCIA BRASIL14h:51

Cerca de 300 escolas públicas que não têm água potável receberão R$ 30 mil do Ministério da Educação (MEC) para fazer a instalação ou a ampliação da rede hidráulica, perfuração de poços artesianos ou cisternas e aquisição de bombas elétricas. Para isso, as secretarias de Educação devem enviar ao MEC até 10 de dezembro um termo de compromisso, preenchido e assinado, além de fotos do prédio da escola e das imediações. 

O repasse será feito pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por meio do programa Dinheiro Direto na Escola. Entre as 834 escolas do país que não têm abastecimento regular de água, segundo o Censo Escolar de 2009, o fundo identificou 299 que preenchem os pré-requisitos para receber o dinheiro. 

A maior parte dessas escolas está nas regiões Norte e Nordeste, especialmente na Bahia (109) e no Pará (83). As informações para os gestores que querem receber os recursos e a relação das escolas selecionadas estão disponíveis no site do FNDE.

Leia Também