Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Campo Grande

Centro Infantil e Unidade de Saúde terão recursos de R$ 3,2 milhões

6 AGO 2012Por DA REDAÇÃO19h:00

O prefeito Nelsinho Trad anunciou hoje (06) investimentos de R$ 3,2 milhões com as assinaturas de ordens para início de serviço da construção do Centro de Educação Infantil (Ceinf) da Vila Nasser e da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) da Vila Cox/ Dona Dedé/ Santa Luzia.

As construções estão incluídas no pacote de obras que faz parte do calendário de aniversário de 113 anos de Campo Grande, e que, no total, somam R$ 200 milhões.

Ceinf

Além da assinatura hoje do Ceinf da Vila Nasser, a Prefeitura já autorizou as obras dos centros de educação infantil do Jardim Anache e Jardim Centenário. Nas próximas semanas será dada ordem de serviço para construção de mais oito centros de educação infantil que serão instalados nos bairros Loteamento Vespasiano Martins, Vila Popular, Parque Residencial Oliveira III, Zé Pereira, Jardim Moema, Jardim Inápolis/Sarandi, Jardim São Conrado, Jardim Nascente do Segredo. No total serão abertas 1.320 vagas.

UBSF

Além das UBSF da Vila Cox/ Dona Dedé/ Santa Luzia, do Jardim Presidente e do Aero Rancho, que tiveram autorização de início de construção na última semana, Nelsinho Trad  assinará durante o mês de agosto ordens de início de serviço de outras nove novas unidades básicas de saúde da família e vai inaugurar mais cinco.

As 12 novas UBSF serão construídas nos seguintes locais: Jardim Presidente, Aero Rancho, Vila Cox/Dona Dedé/Santa Luzia, Parque Rita Vieira/Jardim Cristo Redentor, Residencial Ana Maria do Couto, Jardim Paulo Coelho Machado, Jardim Zé Pereira, Vila Fernanda/Portal Caiobá II, Residencial Sírio Libanês, Vila Retiro Gaúcho/Vila Nasser/Jardim Paradiso, Nossa Senhora das Graças/Parque Residencial Azaleia/Jardim Fluminense e Parque Residencial Arnaldo Estevão de Figueiredo.

(Com informações do CG Notícias)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também