Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EM 2013

Centro de Atendimento à Mulher registrou mais de 4,5 mil casos

7 MAR 14 - 13h:30Da Redação com Lucia Morel

O Centro de Atendimento à Mulher, que leva o nome de “Cuña Mbaretê” por significar "mulher forte", atendeu de janeiro a dezembro do ano passado, 1.289 mulheres. Já os atendimentos jurídicos, psicológicos e de assistência social contabilizaram 4.597 casos. 

Na manhã de hoje (7), o Centro de Atendimento foi palco de uma roda de conversa sobre o Dia Internacional da Mulher. O evento contou com a presença das defensoras públicas Graziele Ocáriz e Edmeire Fast,  além das mulheres que já passaram pelo Centro ou que vivem na Casa Abrigo.

O machismo da sociedade foi um dos pontos abordados. “Será que lá dentro da nossa casa a gente não está reproduzindo este pensamento machista?”, indaga a defensora Graziele. Para ela, a mulher violentada, após ser atendida demora 10 anos para romper o ciclo da violência.

Serviço
O número da Central de Atendimento à Mulher em situação de Violência é: (67) 3361-7519. Já a Central de Atendimento à Mulher atende por meio do número: 180.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

STJ autoriza acréscimo de sobrenome do cônjuge após casamento

Certidão de casamento poderá ser retificada pelo cartório de registro civil
FUTEBOL ESPANHOL

Barcelona perde do Granada por 2 a 0 e fica longe do líder Sevilla no Espanhol

Atlético de Madrid também já jogou na rodada
TWITTER

Haddad fala em impeachment de Witzel e o acusa de ser 'assassino'

Ex-prefeito afirmou que "coisas absurdas estão acontecendo"
GOVERNO

Major Olímpio diz que há estratégia no Congresso para desgastar presidente

Senador pediu ao "povo brasileiro" que exercesse pressão sobre o Congresso

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião