Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SETOR DE TI

Central do TJ atendeu 110 chamados no plantão

Central do TJ atendeu 110 chamados no plantão
08/01/2014 00:00 - da redação


A Central de Serviços da Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de MS atendeu, no período de recesso do Judiciário – de 20 de dezembro a 6 de janeiro –, a 110 chamados.

As dúvidas, que vão desde manutenção de equipamentos de informática, suporte ao Sistema de Automação da Justiça (SAJ) e sistemas administrativos, acesso a rede e intranet, e orientações de serviços diversos, foram solucionadas pela equipe de plantão.

A importância do funcionamento da Central de Serviços durante o recesso é devida à possibilidade de solução de problemas comuns, que atrapalhariam o acesso do público externo e plantonistas ao portal do TJMS, bem como ao SAJ.

Em funcionamento desde o dia 25 de novembro para atender todas as ligações relacionadas à área de informática do Judiciário de MS, a Central de Serviços da Tecnologia da Informação já respondeu a 6.508 chamados. As procuras mais comuns são de suporte ao SAJ e serviços do Portal TJMS.

Dúvidas e solicitações de menor complexidade são resolvidas no primeiro contato pela Central, diminuindo o tempo de espera e o tempo gasto na resolução do chamado. As questões de maior complexidade são encaminhadas para equipes especializadas, que completam o atendimento.

A Central de Serviços cada vez mais é treinada para obter conhecimentos e conseguir resolver o maior número possível de chamados logo no primeiro atendimento. Todas as ligações são feitas para o número 3314-1718, que direciona o usuário a um dos 17 postos de atendimento da Central de Serviços. 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.