Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

tabela ir

Centrais sindicais questionam correção

25 FEV 2011Por InfoMoney08h:16

As centrais sindicais devem questionar o percentual de reajuste da tabela do Imposto de Renda proposto pelo Governo.

Com a aprovação do salário mínimo para este ano em R$ 545, a presidente da República, Dilma Rousseff, deve editar Medida Provisória reajustando a tabela em 4,5%, percentual que refere-se à meta da inflação para o ano.

Contudo, esse índice está distante daquele defendido pelas centrais sindicais, de 6,46%, que refere-se à inflação acumulada de 2010, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) confirmou, de acordo com a Agência Senado, que a presidente deve editar a medida nos próximos dias com a correção proposta.

E se isso ocorrer, as centrais devem iniciar mais um embate no Congresso. “Vamos mostrar a defasagem na correção da tabela, que não é pequena”, disse o senador José Agripino (DEM-RN), segundo a Agência.  

Segundo estudo do Sindifisco Nacional, para refletir a inflação dos últimos 15 anos, a tabela deveria ser corrigida em 64,10%. De acordo com o sindicato, no período de 1995 a 2002, a tabela do IRPF foi reajustada em 35,59% e, no período de 2002 a 2010, o reajuste foi de 39,03%.

Como deve ficar?
Com o reajuste em 4,5%, passam a ficar isentos do imposto os contribuintes com
rendimentos mensais de até 1.566,61 ao mês, ou R$ 18.799,32 ao ano. Confira nas tabelas abaixoo que muda com a correção.

Alíquota do Imposto de Renda Retido na Fonte
Base de cálculo mensal Alíquota Parcela a deduzir do imposto (*)
Até R$ 1.566,61 --- ---
De R$ 1.566,62 a R$ 2.347,85 7,5% R$ 117,49
De R$ 2.347,86 a R$ 3.130,50 15% R$ 293,58
De R$ 3.130,51 a R$ 3.911,63 22,5% R$ 528,37
Acima de R$ 3.911,64 27,5% R$ 723,96

 

Tabela Progressiva para Cálculo anual do Imposto de Renda de Pessoa Física
Base de cálculo anual Alíquota Parcela a deduzir do imposto
Até R$ 18.799,32 --- ---
De R$ 18.799,33 a R$ 28.174,25 7,5% R$ 1.409,96
De R$ 28.174,26 a R$ 37.566 15% R$ 3.523,02
De R$ 37.566,01 a R$ 46.939,56 22% R$ 6.340,47
Acima de R$ 46.939,57 27,5% R$ 8.687,45

As tabelas são apenas para ilustrar o reajuste proposto pelo governo, mas ainda não são oficiais, podendo variar por conta de possíveis arredondamentos

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também