domingo, 22 de julho de 2018

bloqueio

Cem pessoas fecharam a BR-463

26 NOV 2010Por Antônio viegas, dourados04h:05

No município de Dourados, os sem-terra bloquearam a BR-463, na entrada da Fazenda Paquetá, já próximo a Ponta Porã. Cerca de cem pessoas, integrantes de seis acampamentos da região, participaram do movimento. A rodovia foi fechada por volta de 7 horas da manhã e, de início, a cada meia hora o grupo liberava o trecho para passagem de veículos. Algum tempo depois, a via foi totalmente interditada, liberando passagem apenas para viaturas dos organismos de segurança e ambulâncias.

Policiais Rodoviários Federais acompanharam todo o procedimento, tentando negociar com os trabalhadores rurais e ao mesmo tempo controlando o trânsito em vários outros pontos da rodovia. Já às 11 horas da manhã, os manifestantes decidiram suspender o protesto até às 13 horas, período em que aguardaram uma posição de outros líderes do movimento no Estado, com quem mantinham contato por telefone. A intenção era voltar com o fechamento da BR-463, mas uma segunda ordem foi repassada ao grupo, para aguardar até quarta-feira.

O desbloqueio também foi feito, neste mesmo horário, na maioria das rodovias estaduais, o que demonstra que a ação estava sendo coordenada por outros líderes, que estavam em Campo Grande.

Por ser uma rodovia de intenso tráfego, principalmente de turistas que seguem para compras no Paraguai, o congestionamento na via foi grande, mesmo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) orientando os usuários da rodovia sobre pontos que poderiam servir de desvios. José Silvério, líder do grupo, avaliou como positiva a manifestação, já que provocou um encontro com a direção do Incra para resolver o que motivou o protesto: agilidade no processo de reforma agrária.

Leia Também