Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

RIO DE JANEIRO

Cem dias depois da tragédia, 770 encostas ainda precisam de obras

23 ABR 2011Por TERRA15h:38

Cem dias após a maior tragédia natural do país, com 906 mortos e 400 desaparecidos, a limpeza dos pontos atingidos na Região Serrana do Rio de Janeiro ainda não se completou, e o processo articulado de reconstrução não começou.

De acordo com a Empresa de Obras Públicas (Emop), 770 encostas precisam de obras, e o valor para elas chegaria em R$ 3,3 bilhões. As informações são do jornal 'O Estado de S.Paulo'.

A reconstrução precisa ser feita com rapidez, pois além das chuvas, que podem voltar na primavera, ocupações irregulares continuam acontecendo. Rios e pontes são outro problema na serra fluminense.

Até agora não foi concluído o trabalho de mapeamento e definição do calendário de obras. A reconstrução econômica depende de um projeto que, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento, Júlio Bueno, será financiado pela Petrobras. Com esse projeto na mão, será possível definir objetivos e prazos.

Leia Também