Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

2005

CBF tem multa ampliada por manipulação de resultados

1 MAR 11 - 16h:55yahoo

Um juiz condenou na segunda-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e outras duas pessoas a pagarem uma multa de R$ 160 milhões pela manipulação de onze jogos no Campeonato Brasileiro de 2005. No fim do dia, no entanto, quando o Tribunal de Justiça de São Paulo divulgou um comunicado, viu-se que a CBF também foi condenada a pagar mais R$ 6,8 milhões por ter agido de má-fé ao longo do processo.

A CBF, o ex-árbitro Edilson Pereira de Carvalho e o empresário Nagib Fayad terão que pagar a multa por danos morais causados aos consumidores.

O Tribunal também aplicou uma multa adicional de R$ 20 milhões a Edilson Pereira de Carvalho, Nagib Fayad e o ex-árbitro Paulo José Danelon, também envolvido no escândalo, por danos morais indiretos aos consumidores.

Tanto a CBF como os outros acusados têm direito de recorrer da sentença judicial.

Edilson Pereira de Carvalho confessou ter recebido quantias entre R$ 10 mil e R$ 15 mil por cada resultado manipulado em benefício de um grupo de empresários que apostava pela internet.

Quando a fraude foi descoberta, as 11 partidas do Campeonato Brasileiro que tinham sido apitadas por Carvalho foram disputadas novamente, o que produziu uma mudança na classificação.

Após a repetição dos jogos, o Corinthians foi o clube mais beneficiado, já que recuperou quatro pontos, ultrapassou o Internacional na reta final do campeonato e se coroou campeão.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANOS 90

Com torneio como opção por vagas no Mundial, CBF é contra volta da Supercopa

Torneio reunia os campeões da Copa Libertadores
ESTADOS E MUNICÍPIOS

Bolsonaro sanciona lei que divide recursos do megaleilão do petróleo

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura
GOVERNO PRESENTE

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita
PRAIAS DO NORDESTE

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião