Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Campeonato Gaúcho

Caxias encerra jejum com vitória de 3 a 0 contra S. José

8 FEV 2014Por Zero Hora19h:16

A vitória de 3 a 0 sobre o São José, neste sábado, na abertura da sétima rodada do Gauchão, quebrou um jejum de três jogos sem ganhar do Caxias. Além disso, levou a equipe PE à vice-liderança do Grupo B, com oito pontos. E, para completar, foi marcada por um bom desempenho, deixando satisfeitos os torcedores que estiveram no Estádio Centenário depois da forte chuva que amenizou o calor em torno de 30 graus durante a maior parte do dia.

O Caxias buscou atacar desde o início, tendo a primeira conclusão antes do segundo minuto de partida. Dieyson levantou a bola da esquerda e Rafael Carioca cabeceou por cima. Depois desse lance, com as duas equipes marcando sob pressão, o que diminuía os espaços, o jogo ficou feio. A cada lance, vários jogadores se aproximavam e a bola parava a todo momento, em laterais e faltas.

Esse marasmo acabou aos sete minutos. Bebeto recebeu na direita uma bola e cruzou com força para a área do Zequinha. Julio Madureira apareceu atrás da zaga, no lado oposto, e cabeceou entre o goleiro e o poste, abrindo o placar. Cinco minutos depois, Julio Madureira quase devolveu o presente para Bebeto. Ele tocou uma bola na área para o lateral, que entrou e chutou para boa defesa do goleiro Luiz Carlos.

A primeira ameaça do São José ocorreu apenas aos 22 minutos. Aos trancos e barrancos, Rafinha avançou e, na entrada da área, chutou desviado. Mesmo não fazendo uma grande partida, o Caxias manteve o controle até o final do primeiro tempo.

A perda da equipe foi Bebeto, que apresentava um bom desempenho e, aos 40 minutos, sentiu a lesão que o deixou como dúvida durante a semana. Assim, acabou substituído por Max.

O Zequinha retornou do intervalo com Rafael Rolin no lugar de Vinícius. Mas foi o Caxias que assumiu o controle das ações. A equipe grená atacou duas vezes com perigo pelo lado direito, com Max cruzando bolas perigosas.

Quando inverteu o lado, foi fatal. Rafael Carioca lançou Dieyson, que entrou na área e cruzou para Julio Madureira, outra vez de cabeça, marcar o segundo, aos quatro minutos. Com a vantagem maior, o Caxias ampliou o domínio técnico. Aos 15 minutos, Lucão girou na entrada da área e por detalhes não marcou um golaço, pois a bola raspou o travessão. Nos contra-ataques, a equipe grená perdeu algumas chances.

O São José fez a segunda mudança, colocando Chiquinho Resende no lugar de Chiquinho, mas não alterou o quadro do jogo. Aos 22, Julio Madureira, autor de dois gols, saiu bastante aplaudido para a entrada de Mailson. Na sequência, Lucão perdeu um gol na pequena área. Navarro, aos 27, entrou no lugar de William Paulista, na terceira tentativa de Beto Campos para melhorar o São José, mas sem sucesso.

Aos 34 veio a recompensa de Lucão, que teve muito empenho e qualidade. Wallacer cobrou escanteio da esquerda e o centroavante brigou com a defesa, que chutou a bola na sua perna. Ela foi em direção ao gol, bateu num poste, no outro e parou na rede. Um minuto depois, Lucão foi substituído por Henrique e recebeu o aplauso empolgado da torcida.

Assim, o jogo seguiu até o final. O Caxias venceu e convenceu. Agora, espera o final da rodada para ver em que posição terminará.

Leia Também