Cassação de Donadon será decidida abertamente

Cassação de Donadon será decidida abertamente
10/02/2014 13:15 - band


Pela primeira vez, deputados federais decidirão abertamente se são favoráveis ou contrários à cassação do mandato de um parlamentar. O fato inédito será realizado na quarta-feira, dia 12, quando o destino do deputado afastado Natan Donadon (sem partido-RO) será decidido na Câmara dos Deputados.

Preso desde junho, Donadon manteve o mandato quando a acusação contra ele foi ao Plenário com a regra antiga do voto secreto. Depois do episódio, o PSB entrou com nova representação, que só agora será votada.

"A possibilidade agora com o voto aberto aumenta a chance para que ele perca o mandato", afirmou o deputado Julio Delgado, integrante do Conselho de Ética.

Presidência da Comissão de Direitos Humanos

Outro assunto que deve agitar a rotina da Câmara nesta semana é a disputa pela presidência da Comissão de Direitos Humanos, até o fim do ano passado ocupada pelo deputado Marco Feliciano (PSC).

Um grupo de parlamentares quer colocar no posto o polêmico Jair Bolsonaro (PP). Já o líder do PT na Câmara, Vicentinho, afirmou que o partido pretende retomar o controle do colegiado.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".