Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEGUNDO JORNAL:

Casamento de Obama e Michelle enfrenta momento turbulento

Casamento de Obama e Michelle enfrenta momento turbulento
02/02/2014 12:45 - Terra


Os tempos dourados de Barack e Michelle Obama como o primeiro casal querido dos Estados Unidos pode estar passando por um período de turbulência. Segundo relatos de fontes à mídia de língua inglesa, a dupla vive um momento ruim do relacionamento e, nas versões mais pessimistas, poderia mesmo vir a encarar um divórcio uma vez findo o segundo mandato do presidente democrata.

Segundo o Daily Mail, que se baseia no tabloide americano National Enquirer, a Casa Branca nega os rumores de atrito, mas os boatos sobre o fim do casamento que já dura 21 anos seriam uma das questões que mais ocupam os debates das mesas de fofoca de Washington e que se refletiriam em uma clara "frieza" observada das recentes fotografias entre ambos. O National Enquirer foi responsável por revelar escândalos pessoais de políticos americanos, como os casos entre o ex-presidente Bill Clinton e a estagiária Monica Lewinski, e do ex-pré-candidato democrata à Presidência John Edwards, que admitiu uma relação extraconjugal após ter criticado Clinton.

Os rumores mais fortes, que perambulam entre "acusações de infidelidade" e "conflitos de ciúmes", teriam tido como estopim o famigerado selfie de Obama com seus colegas David Cameron (Reino Unido) e Helle Thorning-Schmidt (Dinamarca) durante a cerimônia de adeus a Nelson Mandela, na África do Sul.

A fotografia, que captou uma expressão séria de Michelle, alimentou os conspiracionistas, de modo que agora as fontes da mídia america falam que Obama já estaria dormindo em um quarto separado e esperando o final do seu segundo mandato - obtido após vitória nas urnas em 2012 - para proceder com o divórcio; a teoria é que Obama então retornaria para o Havaí, enquanto Michelle ficaria em Washington com as duas filhas do casal.

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!