ATROPELADO POR UM TREM

Casal viaja pelo mundo por 5 anos e morre a poucos metros de casa

Casal viaja pelo mundo por 5 anos e morre a poucos metros de casa
01/09/2012 16:00 - G1


Daniela Weiss e Daniel Oelter, os dois de 38 anos, deram a volta ao mundo, passando por alguns dos lugares mais perigosos de três continentes. Mas quis o destino que Daniela e Daniel morressem a poucos metros de casa, dois dias após regressarem da aventura, que durou cinco anos. O casal foi atingido por um trem quando atravessava uma linha férrea em Granichen (Suíça). O veículo estava a mais de 100 quilômetros por hora.

O casal viajou pela Europa e depois partiu para um longo giro pela Ásia, com destaque para o Oriente Médio, e pela América do Sul. Não tiveram qualquer problema em toda a viagem.

Aliás, tiveram. Com infecção em um dente, Daniella decidiu voltar para casa, a fim de procurar um tratamento mais adequado.

Era, tragicamente, o fim da linha. No atropelamento, Daniel morreu na hora. A sua parceira faleceu em um hospital no dia seguinte, contou o "Daily Mail". 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".