domingo, 22 de julho de 2018

CRIMINALIDADE

Casal fica refém de bandidos por 11 horas

10 JAN 2011Por Silvia Tada00h:00

Bandidos fizeram um casal refém por cerca de 11h, entre a noite de sábado e a manhã de domingo, e roubaram uma caminhonete Hilux e um veículo Fox. A ação ocorreu no Bairro Guanandy, em Campo Grande.

O registro da ocorrência foi feito na 5ª Delegacia de Polícia e, conforme relato das vítimas, por volta das 20h30 de sábado, dois homens armados invadiram a residência e anunciaram o assalto. O homem e a mulher foram amarrados pelos braços com um fio e colocados dentro do Fox, de propriedade da família. Os autores diziam ao casal que a intenção era “apenas” roubar a caminhonete.

A todo momento, a dupla de assaltantes recebia telefonemas e, a certa altura, outro grupo de comparsas, formado por quatro homens e uma mulher, chegou à residência. Os sete autores e as duas vítimas se dividiram entre os carros (Fox e Hilux), sendo que três passaram a vigiar o casal enquanto os outros fugiam com a caminhonete.

O grupo que permaneceu na residência roubou da casa uma caixa de ferramentas, cartões de banco e senhas, dinheiro, celulares e folhas de cheque. Em seguida, deixaram a casa e passaram a rodar pelas ruas do bairro, sempre mantendo os reféns no carro. Em certa altura, os bandidos comentaram que a caminhonete seria deixada em Corumbá ou atravessaria a fronteira com a Bolívia.

O homem e a mulher permaneceram com os autores durante toda a madrugada. Por volta das 7h20min, foram deixados em um posto de combustível, na região da saída para Três Lagoas, próximo a Lagoa Rica, e avisados de que o Fox seria abandonado em alguma região da cidade. Até a tarde de ontem, ainda não havia informação se o carro havia sido localizado.
Esse tipo de crime não era registrado em Campo Grande há algumas semanas. Em geral, o objetivo dos ladrões é levar, principalmente caminhonetes para a região da fronteira com o Paraguai e Bolívia, para revendê-los naqueles países.

 

Leia Também