Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

TRÁFICO DE INFLUÊNCIA

Casa Civil prorroga investigação sobre Erenice Guerra

18 OUT 2010Por G114h:32


A Casa Civil prorrogou por 30 dias os trabalhos da comissão instaurada para investigar o suposto envolvimento da ex-ministra Erenice Guerra em tráfico de influência no órgão. A portaria que prorroga o prazo de investigação foi publicada nesta segunda-feira (18) no "Diário Oficial da União".

Erenice pediu demissão ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 16 de setembro, após ter sido envolvida em denúncias de tráfico de influência na Casa Civil.

Saulo e Israel Guerra, filhos de Erenice, teriam utilizado a influência da mãe na Casa Civil para facilitar a negociação de contratos públicos com empresas privadas. Ambos atuavam na empresa Capital Assessoria e Consultoria.

Entenda a crise - Após 27 dias da demissão, Erenice deixa residência oficial da Casa Civil PF pede prorrogação de inquérito que investiga tráfico de influência O prazo aberto para a comissão instalada na Casa Civil concluir a apuração do caso terminou neste domingo (17). Com a prorrogação dos trabalhos por mais um mês, o resultado só será conhecido após o segundo turno das eleições. O resultado dos trabalhos será apresentado ao ministro interino da Casa Civil, Carlos Eduardo Esteves Lima.

Além de Erenice Guerra, os funcionários da Casa Civil Vinicius Castro e Stevan Knezevic também deixaram o órgão após as denúncias de suposto tráfico de influência. A Polícia Federal (PF) também investiga o caso e encaminhou pedido de prorrogação do prazo de investigação à Justiça Federal no Distrito Federal.

Leia Também