Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 17 de dezembro de 2018

CAMPO GRANDE

Cartórios registram 31 uniões estáveis de homoafetivos

1 JUN 2011Por Laís Camargo00h:04

Para facilitar comprovações em planos de saúde, aposentadorias e pensões, as escrituras públicas de declaração de união estável são essenciais. Casais homossexuais lutaram por vários anos por esse direito e no dia 5 de maio tiveram a união reconhecida nacionalmente pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Contudo, em Mato Grosso do Sul, desde 2008 já era possível fazer a escritura em cartórios. O Portal Correio do Estado fez um levantamento das declarações feitas de janeiro até agora nos 6 cartórios que fazem o registro na Capital. Foram 31 no total, a maior parte de casais de lésbicas, mas também há casais de gays.

Para fazer a escritura paga-se R$ 102. É preciso levar documentos pessoais e duas testemunhas. A declaração fica pronta na hora.

O provimento de 2008 já regulamentava o documento para ser aceito em casos de inclusão em planos de saúde, aposentadorias e pensões, mas a decisão nacional facilitou outros processos, como a adoção, por exemplo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também