Terça, 23 de Janeiro de 2018

Carteiras para estacionamento em vagas de idosos já são entregues

26 MAI 2010Por 08h:50
karine cortez

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) já começou a emitir as carteirinhas para idosos, defisientes físicos e auditivos, que pretendem estacionar nos locais designados a eles na região central de Campo Grande. Até ontem 200 credenciais já haviam sido entregues para pessoas com mais de 60 anos e 40 portadores de necessidades especiais que foram retirar a autorização. Entretanto, a cultura da população ainda não mudou e muitos motoristas continuam estacionando nessas vagas.
Porém, a partir do mês de julho quem for flagrado colocando o carro na vaga de idoso ou deficiente e não tiver a carteirinha, será multado e poderá ter o veículo guinchado, conforme informou a assessora técnica da Agetran, Evana Gonçalves Dias. A regra  vale para os todos os dias da semana, inclusive feriados, fins de semana e à noite, quando os estabelecimentos comerciais já estão fechados.

Irregularidades
A reportagem do Correio do Estado flagrou, em meia hora, muitas pessoas desrespeitando a placa e a sinalização no asfalto indicando vaga para idoso e deficiente. Ervan Araújo, 47 anos, por exemplo, não hesitou em estacionar o carro ao ver vazia a vaga para idoso. “Não sabia que era proibido estacionar aqui. Ninguém me avisou nada e não vi a placa, nem a sinalização. Quando começar a multar não vou mais estacionar aqui”, enfatizou.
Para não ter problemas com pessoas “desavisadas”, a Agetran começará a multar somente em julho. “O período educativo é de 30 dias para informarmos a população sobre o novo sistema e a multa. Mas, como nosso público é específico vamos prorrogar esse prazo por mais um mês para evitar constestações futuras”, enfatizou Evana. O motorista, José dos Santos, 65 anos, parou na vaga destinada a idoso, mas disse que não sabia da necessidade de ter a carteirinha. “Perguntei para os meninos do parquímetro se os idosos estavam isentos do pagamento e ele me disse que não, mas nem falou sobre a necessidade da autorização da Agetran. Não vi propaganda e ninguém na rua falando sobre isso. Agora, vou correr lá para tirar a minha carteirinha e não correr o risco de ser multado”, disse.
Apesar de terem as vagas reservadas, os idosos, deficientes físicos e auditivos não estão isentos de acionar o parquímetro no momento em que estiverem usando o estacionamento.
Para adquirir a carteirinha é necessário que o deficiente tenha problema físico ou auditivo e o idoso deve ter mais que 60 anos. No ato da solicitação, o interessado deve apresentar comprovante de residência no município e cópia dos documentos pessoais.

Leia Também