Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

perfil moderado

Carteira pode ser de alto ou pequeno risco

15 NOV 2010Por Carlos Henrique Braga03h:38

Nem todo investidor é igual. Os mais corajosos gostam do frio na barriga e sabem que perder faz parte do jogo. Esses são os agressivos. Para eles, o operador da TBCS Lorenço Indartte, de Campo Grande, costuma oferecer carteira dividida em ações de maior e menor risco: do lado tranquilo, estão as blue chips, como Petrobras e Vale; a outra metade tem papéis de maior risco, de pequenas companhias, novas ou não, que podem surpreender pelo desempenho inovador.

Aos de perfil moderado, a dose é: 70% de segurança e 30% de aventura. Já aos conservadores é recomendada carteira 100% tranquila, mas como o ambiente é de altas e baixas, nada pode ser garantido. (CHB)

Leia Também