Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

HABITAÇÃO

Cartão Aluguel da Caixa substituirá fiador

21 DEZ 2010Por Edivaldo Bitencourt02h:55

A Caixa Econômica Federal lançou, ontem, o Cartão Aluguel para garantir o pagamento do aluguel sem a necessidade de fiador ou garantia adicional. O novo produto, que estará acessível em fevereiro de 2011 em Mato Grosso do Sul, passará a ser opção para inquilinos e proprietários de imóveis na locação de imóveis. A modalidade mais utilizada no Estado é a fiança.

De acordo com o superintendente regional da Caixa, Paulo Antunes Siqueira, com o Cartão Aluguel, o banco vai intermediar a relação entre o locatário e a imobiliária. Após a assinatura do contrato entre a imobiliária credenciada e o inquilino, a instituição garante o pagamento do aluguel por 12 meses. O cartão terá anuidade de R$ 96 e taxa de juros de 6,67% ao mês, que deverá representar 80% do valor de um mês de aluguel ao final do período de um ano. "A taxa de juros será menor do que o cartão de crédito", destacou Siqueira.

O presidente do Sindicato da Habitação (Secovi), Marcos Augusto Neto, considerou o Cartão Aluguel "primo" do seguro fiança, modalidade já operada por bancos e seguradoras no Estado. Ele explica que esta modalidade, que exige o pagamento de 1,4% a 1,5% do valor do aluguel e garantem o pagamento do aluguel por 12 meses. No entanto, Neto destaca que esta modalide é considerada cara. O setor espera que a chegada do Cartão Aluguel da Caixa poderá acirrar a concorrência e reduzir os custos para as famílias que dependem de aluguel.

Metas
O Cartão Aluguel será oferecido nas bandeiras Visa e MasterCard para pessoas físicas. O cliente terá dois limites. Um será o "limite-aluguel", que será utilizado exclusivamente para pagar pela locação dos imóveis. O outro é o limite rotativo de cartão de crédito convencional, que poderá ser usado na compra em estabelecimentos comerciais.

Até fevereiro, o produto será oferecido em caráter experimental nas imobiliárias de São Paulo e Goiânia (GO). O vice-presidente de Pessoa Física da Caixa, Fábio Lenza, informou que 4 mil imobiliárias credenciadas vão comercializar os cartões no País. A meta conta com 100 mil unidades no primeiro ano. Em cinco anos, a Caixa espera contar com 1 milhão de Cartões Aluguel. A meta é considerada ambiciosa porque o banco tem 7,7 milhões de unidades de cartões de crédito. A taxa de juros será de quase 11% no caso do cliente não pagar o valor do aluguel.

Leia Também