Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CASO BRUNO

Carta indica que ossada de Eliza Samudio estaria em poço

22 JUN 12 - 00h:00Anahi Zurutuza

Sônia Fátima de Moura, 45 anos, recebeu esta semana uma carta anônima contendo o endereço de onde o corpo de Eliza Samudio, desaparecida desde 2010, teria sido desovado pelas pessoas que a mataram, a mando do goleiro Bruno Fernandes. Conforme o advogado assistente da acusação do jogador, José Arteiro Lima, a carta já foi entregue à polícia de Minas Gerais.

Ele não deu detalhes do que estava escrito no bilhete, mas confirmou o que foi divulgado pela imprensa nacional. A carta diz que o corpo de Eliza estaria em um poço artesiano desativado, em um convento do Bairro Planalto, região norte de Belo Horizonte (MG). O envelope com as informações teria sido deixado na recepção de uma emissora de televisão onde Sônia esteve na quarta-feira para participar de um programa.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRUMADINHO

STJ mantém decisão que mandou soltar funcionários da Vale

EMENDA APROVADA

Anac: volta de franquia gratuita de bagagem pode prejudicar abertura de aéreas

Pacientes aguardam mais de quatro horas para atendimento no Prontomed
REDE PRIVADA

Espera por atendimento no Prontomed ultrapassa 4 horas

CORRUPÇÃO PASSIVA

Dodge pede ao STF 22 anos de prisão para Collor na Lava Jato

Mais Lidas