Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Justiça

Carros novos terão dispositivo antifurto a partir de julho

5 ABR 10 - 21h:52

brasília

A partir de julho de 2010, fabricantes e fornecedores devem começar a instalar o dispositivo antifurto em veículos novos. A atuação da Advocacia-Geral da União (AGU) foi fundamental para a Justiça reconhecer a validade das normas que obrigam a instalação de desse dispositivo em toda a frota nacional.
O Ministério Público Federal (MPF) tinha se manifestado contra a esse sistema. Para impedi-lo, ajuizou Ação Civil Pública contra a União, alegando ser ilegal impor às empresas a instalação obrigatória de equipamento de rastreamento e localização em veículos, sob pena de multa. O objetivo era suspender os efeitos das determinações editadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Em março de 2009, a Justiça chegou a se pronunciar, em decisão liminar, no sentido de que a implantação deste dispositivo, violava preceitos de privacidade e intimidade.
Para reverter a situação, o Denatran editou a Portaria nº 253/2009, retirando a função do rastreamento, sendo opcional o bloqueio e a localização. Insatisfeito, o MPF entendeu que os ajustes não resolveriam o problema e os veículos continuariam sendo localizados mesmo sem a autorização do proprietário.
A Consultoria Jurídica da AGU, atuando em conjunto com o Ministério das Cidades, participou de reuniões com órgãos e entidades envolvidas, a fim de aperfeiçoar o sistema e adequá-lo às normas constitucionais. Em audiência pública realizada em janeiro deste ano, foram prestados esclarecimentos, ressaltando a eliminação da função de rastreamento, bem como a impossibilidade de localizar o veículo sem a contratação do serviço.
Com base nas informações técnicas prestadas durante as audiências, o juiz da 7ª Vara Cível Federal de São Paulo reconheceu a legalidade da inclusão do dispositivo. O Juízo considerou comprovada a impossibilidade de localização do veículo sem a expressa autorização do proprietário. Nesta linha, a Justiça decidiu que as normas editadas pelos Contran e pelo Denatran órgãos não afrontam a intimidade e a privacidade dos cidadãos.

Procedimento
Iniciado em agosto de 2009, o processo de implantação do dispositivo encontra-se em fase de operação, acompanhado por representantes dos órgãos e instituições envolvidas. Eles vão validar o funcionamento do sistema. A previsão é que até dezembro todos os veículos novos já estejam com o dispositivo.
O sistema será instalado em automóveis, utilitários, caminhões e caminhonetes, ônibus e microônibus, motos e derivados. Entre os benefícios está a possibilidade de bloqueio, com recurso que virá de fábrica e a localização, que poderá ser habilitada pelo proprietário. (Com informações da Editora Magister)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS
IRREGULARIDADE

PF investiga 221 'laranjas' e casos de desvio na eleição de 2018; um deles em MS

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira
DUPLO HOMICÍDIO

Irmãos paraguaios são mortos a tiros na fronteira

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC
BAIXA RECEITA

Prefeitos de municípios de MS que podem ser extintos pedem fim de PEC

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado
ESCOLAS

Começo das aulas na rede estadual de ensino é antecipado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião