sexta, 20 de julho de 2018

escolha

Cardozo deve assumir Ministério da Justiça

24 NOV 2010Por BRASÍLIA02h:45

O deputado José Eduardo Martins Cardozo deverá mesmo ser o ministro da Justiça da presidente eleita, Dilma Rousseff. Entre outros motivos, como a aproximação antes e durante a campanha, pesam a favor dele o fato de não ter feito campanha para se reeleger – ou seja, não se envolveu em disputas políticas -, o fato de não enfrentar problemas com prestação de contas eleitorais, doações e caixas de outras naturezas, além de ter sido um petista diferente na CPI dos Correios (e até no caso Lubeka, motivo que desagrada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva). Martins Cardozo já tem tratado com Dilma de temas relativos à pasta da Justiça no próximo governo. Entre eles, a continuidade da instalação das UPPs e formas de combater o crack. Seria necessária uma ação nas fronteiras para o combate ao tráfico de drogas e de armas. A deputada federal Manuela D’Ávila já foi sondada por Martins Cardozo, que falou em nome de Dilma, para ocupar o Ministério dos Esportes, no lugar de Orlando Silva.

Leia Também